Relações Públicas: uma profissão estratégica

Muitas vezes é-nos perguntado o que quer dizer estratégia e por vezes não sabemos explicar. Mas e se começarmos por algo mais simples, tal como, o que não é estratégia em Relações Públicas? Disto estou certa, uma estratégia em Relações Públicas, não é ter likes, nem criar engagement, não é aumentar a quota de mercado nem muito menos ser o melhor.

A estratégia é subtrativa, ou seja, é um caminho invisível, que ninguém sabe o porquê deste ter sido escolhido. É uma escolha de rumo a seguir que dá possibilidades para sermos diferentes no seio das organizações, é aquilo que nos difere dos outros, dos concorrentes. A estratégia é criar um valor organizacional que difere das restantes organizações.

“All men can see these tactics whereby i conquer, but what none can see is the strategy out of which victory is evolved” – Sun Tzu

Por isso, a estratégia é fundamental para a organização garantir uma base firme e estável e nesse sentido, nós como profissionais de comunicação, temos que criar estratégias de campanhas – micro ou mesmo interferir na estratégia existencial de uma organização – macro. A estratégia é invisível, aquilo que é tangível são as tácticas dos planos operacionais de comunicação e os seus resultados.

“The importance of mastering the art and science of business modeling is much like that of a surgeon. Surgeons have a range of tools to address specific needs and jobs. Like surgeons, business people need tools that are fir for purpose and that take into account the complexities of modern business as well as the environment in which they operate.” – Alexander Osterwalder

Neste sentido, apresento aqui um modelo muito utilizado, nos dias de hoje, para criar estratégias em Relações Públicas, o Business Model Canvas de Alexander Osterwalder. Este modelo permite desenvolver e planear modelos de negócio, através da criação de um mapa dos principais assuntos relevantes à organização. Os objetivos deste modelo passam por: estabelecer uma linguagem comum para a existência de uma melhor discussão e também de novos modelos de negócio e proposições de valor; Aprender a projetar, testar e construir novos modelos de negócios e proposições de valor de forma sistemática, eficiente e prática; Alinhar a equipa e a organização em torno de uma história clara de como se pretende criar, integrar e captar valor.

modelo-canvas

O modelo divide-se em nove categorias essenciais para criar uma estratégia eficaz e de sucesso:

  1. Parceiros Chave – parceiros da estratégia, pessoas que estão envolvidas, mesmo não sendo da organização. Associações de pessoas credíveis que passam uma determinada mensagem boa para a organização.
  2. Atividades Chave – aquilo que se faz de importante para executar a proposição do valor da organização.
  3. Recursos Chave – recursos que são necessários para criar valor à organização. São os ativos da empresa e são necessários para implementar uma estratégia de sucesso. Os recursos podem ser humanos, financeiros, físicos ou intelectuais.
  4. Propostas de valor – que tipo de valores os produtos e serviços exprimem para determinado segmento de clientes. Aquilo que diferencia uma organização dos seus concorrentes e a razão pela qual os clientes compram de uma certa empresa e não das suas concorrentes.
  5. Relações com os clientes – a empresa estabelece relações com os seus clientes, que tipo de relações a organização tem com os diferentes tipos de clientes.
  6. Canais – o meio pela qual a empresa comunica com os seus clientes, no que diz respeito, ao fornecimento de produtos e serviços.
  7. Segmentos de mercado – quais os públicos-alvo da organização, o que eles procuram e quais os seus interesses.
  8. Estrutura de Custos – quais as consequências monetárias dos meios utilizados no modelo de negócios, no que diz respeito, à estratégia utilizada pela organização.
  9. Fontes de Renda – rendimentos de uma empresa derivados da estratégia utilizada pela organização.

Concluindo, a estratégia é algo muito complexo e não deve ser esquecida. Os profissionais de Relações Públicas como estrategas de comunicação necessitam diariamente de criar e rescrever estratégias, tanto em planos de comunicação, como na estruturação completa da organização no que diz respeito à comunicação. Este modelo – Business Model Canvas – permite a estes profissionais fazê-lo de maneira mais prática e eficaz.

Para saber mais informações sobre o modelo, deixo aqui um vídeo que explica todo o processo de maneira clara e dinâmica:

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s